3 Verdades sobre ‘vinde a mim como estás’ que você precisa saber

Vinde a mim como estás é um versículo? Já ouvi falar muito essa frase, mas onde está escrita na Bíblia?

vinda a mim como estás não é versículo e não está escrito na bíblia

Eu ouço a famosa frase vinde a mim como estás desde a minha infância e estou certo que você já deve ter ouvido alguém querendo ensinar a respeito dela também.

Uma certa vez, em um antigo emprego, eu estava em um treinamento numa sala de informática e ao meu lado estava uma moça que não era evangélica. Sua maneira de viver era comum ao mundo.

Esta moça bebia, fumava, ia para baladas, tinha relações sexuais fora do casamento, falava palavrões e outras coisas que não convém a crentes; mas mesmo assim ela dizia que frequentava uma certa igreja de um parente.

Neste treinamento que citei ela estava sentada do meu lado e em uma conversa comigo ela disse que ‘vinde a mim como estás’ está escrito na Bíblia, eu repliquei dizendo que não estava, mas ela insistiu.

Ela dizia isso justificando que poderia frequentar a igreja sem a necessidade de mudar em nada seus comportamentos e hábitos.

E neste engano muitas pessoas tem caído no pecado, pensam que podem permanecer da maneira que julgam correto na igreja, mas isto não é verdade.

Precisamos vigiar com estes tipos de argumentos e comportamentos.

Mas é até importante que coisas como estas aconteçam, para que nós, que estamos as percebendo, possamos tomar iniciativa e combatê-las.

“E até importa que haja entre vós heresias, para que os que são sinceros se manifestem entre vós.” (1 Coríntios 11:19 ARC)

1- Vinde a mim como estás não é um versículo; isto não está escrito na Bíblia

Uma certa vez eu estava na casa de um conhecido, enquanto conversávamos sobre a Bíblia um membro da igreja que estava lá insistiu comigo que ‘vinde a mim como estás’ está escrito na Bíblia.

Eu disse que não estava, e como a pessoa estava com a Bíblia na mão eu a pedi que procurasse. Ela reafirmou que estava escrito sim e começou a procurar, mas não conseguiu encontrar. Disse que esqueceu onde estava.

Esta famosa frase ‘vinde a mim como estás’ é confundida com o que Jesus disse em Mateus 11:28, observe:

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.”

Jesus dizia a frase do versículo acima enfatizando seu poder capaz de transformar as vidas das pessoas mais oprimidas e cansadas dos sofrimentos desse mundo.

2 – Vinde a mim como estás não significa ‘permaneça como estás’

Como eu disse mais acima as pessoas geralmente insistem em recitar essa frase porque não querem abandonar suas práticas mundanas e pecaminosas, suas paixões.

Esta frase tem tanta popularidade em nossa sociedade que existem pessoas que tem a ousadia de sugerir complementos a ela, dizendo: “vinde a mim como estais e eu te aceito como você é.”

A justificativa acima é usada quando as pessoas descompromissadas com Deus e sua Palavra querem insistir que já tem Jesus em seu coração, já percebeu isso?

É até engraçado porque os que afirmam com certeza que ‘vinde a mim como estás’ está escrito na Bíblia são os que não leem a mesma. Eles afirmam isso simplesmente porque ouviram outros afirmarem também.

Algumas pessoas até tentam corrigir o que dizem deste suposto versículo dizendo: “vinde a mim como estais, mas não permaneça como andas.”

Mas vale dizer que a frase acima também é um ditado popular e não está escrito na Bíblia Sagrada.

A verdade é que muitos querem declarar que temem a Deus, mas não querem se comprometer de fato com Ele e sua Palavra.

Por isso as pessoas tendem a querer fazer as coisas do seu próprio jeito, disfarçando as mentiras em verdade, veja abaixo:

“Pois vai chegar o tempo em que as pessoas não vão dar atenção ao verdadeiro ensinamento, mas seguirão os seus próprios desejos.

E arranjarão para si mesmas uma porção de mestres, que vão dizer a elas o que elas querem ouvir.” (2 Timóteo 4:3 NTLH)

3 – ‘Vinde a mim como estás’ é bem aplicado se considerar o que está escrito em Romanos 5:8 e outros versículos

“Vinde a mim como estais e eu farei a obra” é outra variação deste ditado popular. Mas neste sentido precisamos fazer algumas considerações.

Uma certa vez eu trabalhava numa lanchonete e ouvi um casal conversando entre si.

Eles criticavam um de seus conhecidos que andava todo errado, usava drogas, e estava começando a ir na igreja.

O casal dizia que primeiro ele tinha que abandonar essas práticas erradas para depois ir para a igreja.

Provavelmente você já deve ter conhecido alguma pessoa numa situação semelhante a esta também.

Pense nisso e considere o que está escrito em Romanos 5:8, veja abaixo.

“Porém, Deus comprova seu amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido em nosso benefício quando ainda andávamos no pecado.” (KJA)

Deus não esperou que, arrependidos, abandonássemos nossos pecados, para que depois Cristo viesse para nos redimir.

Desta forma não haveria necessidade de sua vinda, sacrifício, morte e ressurreição.

O pecador precisa sim procurar uma igreja a fim de buscar ajuda de Deus para abandonar seus pecados que o fazem sofrer e o destrói.

Nenhum ser humano consegue libertar-se de seus pecados, se não por meio da cruz de Cristo

“pois todos pecaram e carecem da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente, por sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus,” (Romanos 3:23-24 ARA)

Portanto se alguém diz ‘venha como estás, mas não permaneça como és’ é valido, embora isto também não esteja escrito na Bíblia.

Neste caso precisamos entender também que, após ter recebido ao Senhor Jesus em nosso coração, o Espírito Santo nos dará forças com o novo nascimento, mas precisaremos nos apegar por nós mesmos à santificação, observe no versículo abaixo:

“Sendo assim, fazei morrer tudo o que pertence à natureza terrena:

imoralidade sexual, impureza, paixão, vontades más e a ganância, que também é idolatria.” (Colossenses 3:5 KJA)

Imagina, por exemplo, se seria possível ao apóstolo Paulo, que antes perseguia os cristãos, maltratava-os e prendia-os, permanecesse do jeito que ele era após ter se convertido.

Muito pelo contrário, antes ele abandonou tudo que fazia no passado e entregou-se por inteiro ao Senhor que o libertou da mentira em que vivia.

“Fui crucificado juntamente com Cristo.

E, desse modo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim.

E essa nova vida que agora vivo no corpo, vivo-a exclusivamente pela fé no Filho de Deus, que me amou e se sacrificou por mim. (Gálatas 2:20 KJA)

Por fim, para se fortalecer mais ainda, sugiro a leitura deste estudo: 3 Maneiras de ocupar a mente com as coisas de Deus.

E você, já presenciou alguma situação com este famoso ‘falso versículo’? Compartilhe conosco nos comentários mais abaixo.

 

Aprenda a desenvolver o hábito de estudar a Bíblia. Desfrute de uma verdadeira transformação em sua vida!

Gabriel Filgueiras

Ajudando novos cristãos a amadurecerem no entendimento da Bíblia Sagrada, e os obreiros de Deus a capacitarem-se melhor para o ministério cristão. Sirvo ao Reino do Senhor Jesus como professor da Escola Bíblica Dominical desde Julho de 2008 e estou me dedicando a ajudar cristãos comprometidos através deste blog compartilhando estudos bíblicos. Sou casado e membro da 3ª Igreja Batista de Rio das Ostras, RJ.

Website: http://wp.me/P7fxRD-dd

Deixe seu comentário