Passei pelo batismo nas águas, desanimei e me desviei. Por quê?

Passei pelo batismo nas águas, mas logo em seguida desanimei de ir à igreja e me desviei e gostaria de saber por quê

batismo nas águas x desvio da fé

Tenho certeza que você já deve ter visto ou até mesmo está vivendo um caso como este do titulo deste artigo que acontece pouco tempo depois que alguém passa pelo batismo nas águas.

O que acontece com as pessoas que vão caminhando na igreja frequentando os cultos, vemos ate algum traço de mudança na vida delas, uma demonstração de fé, mas logo assim que se batizam elas simplesmente somem da igreja?

Algumas continuam frequentando por algum tempo, mas de fato não continuam seguindo.

Esta questão pode ter uma série de explicações diferentes e motivos muito diversos porque isso acontece, mas quero te ajudar a entender os dois principais motivos porque as pessoas ao se batizarem se desviam da igreja e simplesmente abandonam a Deus.

Depende de qual modo a Palavra de Deus foi recebida por tal pessoa

O Senhor Jesus já descreveu estes tipos de pessoas em Mateus capitulo 13 na parábola do semeador.

Quando o semeador vai andando lançando suas sementes algumas delas caem em pedras e crescem, mas por não terem raízes só crescem um pouco e depois morrem, outras caem em espinhos e as plantas crescem sufocadas por eles, por isso não dão frutos.

O falso ensino sobre vida cristã sem problemas e cheia de abundâncias

 

Quanto à semente que caiu em terreno pedregoso, esse é o caso daquele que ouve a palavra e logo a recebe com alegria.

Todavia, visto que não tem raiz em si mesmo, permanece pouco tempo.

Quando surge alguma tribulação ou perseguição por causa da palavra, logo a abandona. (Mateus 13: 5, 6, 20, 21 NVI)

Muitas pessoas logo entram para a igreja não porque reconheceram seus pecados perante Deus e arrependeram-se deles, mas sim porque estavam em busca de uma vida de paz e prosperidade, isenta de problemas e aflições.

De fato temos paz em nós mesmos quando estamos em comunhão com Deus e também somos pessoas prósperas, não materialmente apenas, mas espiritualmente.

Como a expectativa de tal pessoa era somente de benefícios materiais e pessoais, ao ver que algumas tribulações e problemas surgem por tornar-se cristão, não tem outro pensamento a não ser desviar-se.

É importante dizer que muitas pessoas se fazem inimigos de Deus, de sua Palavra e de seus filhos.

O próprio Senhor Jesus muito padeceu neste mundo enquanto em vida, foi perseguido e deixou bem claro que o mesmo aconteceria conosco.

“Eu disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo”. (João 16: 33 NVI)

De fato, todos os que desejam viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos. (2 Timóteo 3: 12 – palavras do apóstolo Paulo)

Nem sempre a vida do cristão será de abundâncias materiais, mas o sentido de vida abundante é viver em comunhão com Deus sendo ensinado por ele todo o tempo, e crescendo em maturidade sabendo como lidar em cada situação.

Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura.

Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade.

Tudo posso naquele que me fortalece. (Filipenses 4: 12, 13 NVI)

Um coração apegado às riquezas e prazeres deste mundo

Quanto à semente que caiu no meio dos espinhos, esse é o caso daquele que ouve a palavra, mas a preocupação desta vida e o engano das riquezas a sufocam, tornando-a infrutífera. (Mateus 13: 7, 22 NVI)

Certas pessoas até recebem a Palavra num primeiro momento quando se sentem emocionadas durante o culto, por exemplo, e passam até a caminhar alguns dias na igreja.

Incentivado por amigos ou seguindo “o movimento” dos que estão indo para o batismo nas águas esta pessoa vai junto.

Mas em nenhum momento abandonou seus prazeres viciosos e pecaminosos deste mundo, os quais tanto fazem mal a si como não podem agradar a Deus.

a mentalidade da carne é inimiga de Deus porque não se submete à Lei de Deus, nem pode fazê-lo.

Quem é dominado pela carne não pode agradar a Deus. (Romanos 8: 7, 8 NVI)]

Precisamos entender que o Senhor Jesus deve ser Senhor absoluto em nossa vida, não podemos dividir o nosso viver com mais nada que possa dominar nosso coração e retirar o senhorio de Deus sobre ele.

“Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará um e amará o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro.

Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro” (ou Mamom, ou ainda riquezas). (Mateus 6: 24)

A ilusão de se batizar só porque gosta de estar na igreja

 

Há um perigo que infelizmente tornou-se comum na maioria de nossas igrejas.

Muitas pessoas se sentem bem e confortáveis com o ambiente de comunhão e paz dentro das igrejas, gostam de conviver com outros crentes porque se sentem bem e só por isso vão caminhando até se batizarem.

O problema aqui é perder todo o sentido do que realmente é passar pelo batismo nas águas, que é basicamente arrependimento de pecados e reconciliação com Deus, renúncia a si mesmo e nascer de novo, vivendo para Deus somente, de acordo com sua vontade.

Ao desconhecer a Bíblia Sagrada e a necessidade de arrepender-se e confessar seus pecados, abandonando-os, a pessoa pode cair no erro de caminhar na igreja só porque é um lugar legal de paz e comunhão.

Mas assim que vier o tempo ruim logo se desviará.

O problema dos impulsos e da força de vontade

Outro problema muito comum são os chamados impulsos, ou a força de vontade.

De fato tais atitudes podem dar uma boa iniciativa em nossos propósitos, mas o problema é que eles vem e passam, depois disso voltamos a viver a vida em que estávamos e já não queremos mais nos esforçar para seguir o caminho de Deus.

Antes de passar pelo batismo nas águas e querer caminhar na igreja oriente-se com seus líderes e pastores, peça-lhes esclarecimento da Palavra de Deus e procure participar das classes de Escola Dominical e do discipulado para que tenha certeza do que está fazendo.

Em resposta, Jesus declarou: “Digo a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo.” (João 3: 3 NVI)

Espero que o estudo tenha ajudado, se foi esclarecedor pra você deixe seu comentário mais abaixo e compartilhe experiências com outros leitores também. Deus abençoe sua vida!

 

Aprenda a desenvolver o hábito de estudar a Bíblia. Desfrute de uma verdadeira transformação em sua vida!

Gabriel Filgueiras

Meu objetivo é ajudar novos cristãos a amadurecerem no entendimento da Bíblia Sagrada, e os obreiros de Deus a capacitarem-se melhor para o ministério cristão.
Sou casado com a Lidiane Filgueiras e somos membros da 3ª Igreja Batista de Rio das Ostras, RJ, pr. Jorge Cônsoli Lima e Débora.
Sirvo ao Reino do Senhor Jesus como professor da Escola Bíblica Dominical desde Julho de 2008 e estou me dedicando a ajudar cristãos comprometidos através deste blog compartilhando estudos bíblicos, materiais e cursos cristãos para capacitação do ministério e edificação do corpo de Cristo.

Website: http://wp.me/P7fxRD-dd

Deixe seu comentário