Sodomita: a imoralidade e depravação sexual resumidas em uma palavra

O que é um Sodomita? É verdade que os homossexuais são sodomitas e a Bíblia condena o homossexualismo?sodomita imoralidade sexual e relacionamento sexual ilícito

A palavra ‘sodomita’ significa mais do que simplesmente um adjetivo pátrio dos cidadãos da antiga cidade de Sodoma, que foi destruída por Deus porque seus pecados eram gravíssimos.

A palavra ‘sodomita’ passa a descrever a personalidade, as práticas e os hábitos pecaminosos dos cidadãos de Sodoma e em alguns pontos da Bíblia até mesmo os israelitas são comparados a eles quando entregavam-se ao pecado (Ezequiel 16:49).

Mas afinal de contas, quais eram os pecados dos sodomitas? É verdade que eles praticavam sexo anal?

Os pecados dos sodomitas eram muitos, como por exemplo falta de hospitalidade, avareza, injustiça, falta de misericórdia, prostituição, dentre muitos outros conforme descrito em Ezequiel 16:49-50 e em todo este capítulo.

Eis que esta foi a iniquidade de tua irmã, Sodoma:

orgulho, plenitude de pão, e abundância de ociosidade estavam nela e em suas filhas; nem fortaleceu a mão do pobre e necessitado.

E eles foram arrogantes, e cometeram abominação diante de mim; portanto, eu os levei embora ao ver isto (Ezequiel 16:49-50 KJF)

Todavia, o principal pecado atribuído ao adjetivo ‘sodomita’ era a imoralidade e depravação sexual, como o sexo anal dentre homens, estupro coletivo, abuso sexual, orgias em cultos a deuses pagãos, etc.

A palavra sodomita aparece próximo à outras imoralidades sexuais na Bíblia

demonstrando que os sodomitas não eram apenas os cidadãos de Sodoma, mas sim todos aqueles que seguiam suas práticas abomináveis a Deus. Veja um exemplo abaixo:

Não haverá prostituta entre as filhas de Israel, nem um sodomita entre os filhos de Israel. (Deuteronômio 23:17 KJF)

Veja o paralelo entre a prostituição da mulher e a depravação sexual dos homens (sexo anal, por exemplo).

As palavras ‘prostituta’ e ‘sodomita’ aparecem no mesmo versículo, condenando assim a imoralidade sexual dentre os israelitas como um todo.

Outras traduções da Bíblia dão outros detalhes para o adjetivo ‘sodomita’, demonstrando que as imoralidades sexuais dos sodomitas eram praticadas em templos de deuses pagãos durante o culto a estes.

“Nenhum israelita, homem ou mulher, poderá tornar-se prostituto cultual. (NVI)

— Nenhum israelita, mulher ou homem, praticará a prostituição nos templos pagãos. (NTLH)

No Novo Testamento não é diferente, a palavra sodomita também está ligada à depravações sexuais e práticas do sexo que não são naturais, não estão em conformidade com o padrão de sexualidade instituído por Deus desde o princípio.

Judas 1:7 também identifica os pecados de Sodoma e Gomorra como imoralidade sexual:

“Assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que da mesma maneira deram-se à fornicação e seguiram após carne estranha, foram postas como exemplo, sofrendo a vingança do fogo eterno.”

Fornicação é uma tradução da palavra grega porneia, que é traduzida também por imoralidade sexual ou prostituição.

No Novo Testamento significa qualquer prática sexual errada.

Fornicação inclui adultério, lascívia, prostituição, homossexualismo, bestialidade, incesto e qualquer outra perversão sexual. (Fonte: Respostas bíblicas)

Hoje em dia usamos muito a palavra fornicação para descrever pessoas que tem relação sexual fora da aliança do casamento, sexo casual, sexo sem compromisso e por puro prazer, ou pessoas que vivem juntas como marido e mulher, mas não são casadas legalmente.

Veja também Judas 1:7 na Nova Versão Internacional, por exemplo:

De modo semelhante a esses, Sodoma e Gomorra e as cidades em redor se entregaram à imoralidade e a relações sexuais antinaturais.

Estando sob o castigo do fogo eterno, elas servem de exemplo.

O homossexualismo está ligado à sodomia? Os sodomitas eram homossexuais?

De certa forma pode se dizer que sim, pois o adjetivo sodomita está diretamente ligado à prática do sexo anal dentre homens e dentre homens e mulheres também, assim como o estupro coletivo e o abuso sexual.

Obs.: Algumas pessoas alimentam a ideia de que o adjetivo ‘sodomita’ não estaria ligado ao homossexualismo porque os sodomitas na realidade cometiam abuso sexual e estupro, do contrário dos homossexuais que tem um relacionamento de dois parceiros apenas.

Todavia veremos mais adiante neste estudo que o relacionamento homossexual (assim como lesbianismo e outras práticas sexuais que fogem dos padrões divinos da aliança do casamento heterossexual) também é abominável a Deus, continue lendo.

Vamos analisar a passagem de Gênesis 19:4-8 em busca de mais informações sobre as imoralidades sexuais e abusos sexuais cometidos pelos cidadãos de Sodoma.

Mas antes que eles se deitassem, os homens da cidade, até os homens de Sodoma, rodearam a casa toda, tanto velhos como os jovens, todo o povo de cada quarteirão.

E eles chamaram Ló, e lhe disseram:

Onde estão os homens que vieram a ti esta noite? Traze-os fora até nós, para que possamos conhecê-los.

E Ló saiu à porta até eles, e fechou a porta atrás de si;

e disse: Rogo-vos, irmãos, que não venhais a agir tão perversamente.

Eis que eu tenho duas filhas que não conheceram homem.

Suplico-vos, deixai que eu as traga a vós, e fazei a elas o que for bom aos vossos olhos;

porém a estes homens não façais nada; pois, eles vieram sob a sombra do meu telhado.

A depravação sexual e violência sexual dos sodomitas era tão grande que eles quiseram abusar sexualmente dos homens que estavam na casa de Ló (estes eram anjos enviados por Deus, mas está claro que tomaram forma de homem).

Homens abusando sexualmente de outros homens não poderia ser nada mais do que sexo anal e sexo oral. Era assim que os sodomitas tratavam os peregrinos.

O verbo ‘conhecer’ em Gênesis 19:5 significa ter relaxões sexuais. Exemplo disso é que no versículo 9 Ló diz que tinha duas filhas que não conheceram homem, ou seja, eram virgens.

Podemos ver a aplicação do verbo ‘conhecer’ como relação sexual em Gênesis 4:1, por exemplo. Veja:

E Adão conheceu Eva, sua mulher; e ela concebeu e teve Caim […]

Mas se lermos Gênesis 19:5 em traduções mais atuais da Bíblia poderemos chegar à conclusão que tratava-se de relação sexual.

Chamaram Ló e lhe ordenaram: “Onde estão os homens que vieram para a tua casa esta noite?

Traze-os aqui fora para que tenhamos relações sexuais com eles!” (King James atualizada)

As versões Almeida Revista Atualizada e Nova Almeida Atualizada vão ainda mais adiante, dizendo: “Traga-os aqui fora para que abusemos deles.”

Logo, em qualquer versão da Bíblia, notamos que o que os sodomitas queriam fazer com os hóspedes de Ló era exatamente abusar sexualmente deles.

Tratavasse de um estupro coletivo, pois como vemos todos os sodomitas ali presentes queriam abusar sexualmente dos dois homens.

O fato de Ló querer entregar suas duas filhas virgens para serem abusadas sexualmente pelos sodomitas em lugar dos dois homens aconteceu por causa do costume dos judeus de protegerem seus hóspedes à todo custo.

No Novo Testamento o adjetivo sodomita era usado para identificar pessoas que cometiam depravações sexuais e relaxões sexuais ilícitas ou antinaturais.

Assim como você viu em Judas 1:7 os sodomitas foram classificados dentre os que praticam relaxões sexuais ilícitas ou contrárias à natureza divina: “que da mesma maneira deram-se à fornicação e seguiram após carne estranha.” (versão King James Fiel)

O termo “carne estranha” ou “outra carne” (usado na Almeida Revista e Corrigida), faz referência exatamente à imoralidade sexual e práticas sexuais que fogem dos padrões de Deus.

Tais práticas imorais e abomináveis a Deus, que também estão narradas em Romanos 1:26-27, incluem sexo anal, relacionamento sexual de homem com homem (homossexualismo), também podemos classificar o lesbianismo, o sexo de ser humano com animais (zoofilia), relaxões sexuais com parentes próximos (incesto), prostituição, fornicação, promiscuidade (relação sexual com vários parceiros simultâneos), dentre outras.

Tais práticas foram condenadas por Deus em Levítico 18. sendo consideradas abominações, coisas detestáveis, as quais os sodomitas e outras nações cometiam (basta ler em Levítico).

E estas coisas permaneceram (e permanecem) como imundas no Novo Testamento também.

Portanto, embora os pecados dos sodomitas não fossem apenas os de depravações sexuais, este adjetivo passou a ser usado para referir-se a tais práticas sexuais fora dos padrões divinos.

Veja que o apóstolo Paulo coloca a palavra ‘sodomita’ ao lado de outras palavras que dizem respeito à depravação e imoralidade sexual.

‘Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o Reino de Deus. ‘ (1Coríntios 6:10 ARC)

Se lermos este versículo na versão King James Fiel, veremos que a palavra sodomita está de fato ligada à depravações sexuais, confira:

Não vos enganeis; nem os fornicadores, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os que abusam de si mesmo com os do sexo masculino,

Os idólatras estão inseridos no conjunto de pessoas que cometem imoralidades sexuais porque os cultos a deuses pagãos tinham diversas orgias, prostituição, promiscuidades, sexo anal, etc.,

Veja ainda que o apóstolo Paulo classifica os sodomitas como pessoas para quem a Lei se direcionava a fim de corrigi-los de seus erros e pecados.

‘sabendo isto: que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreligiosos, para os parricidas e matricidas, para os homicidas, para os fornicadores, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros e para o que for contrário à sã doutrina, ‘ (1Timóteo 1:9-10 ARC)

Tome muito cuidado com doutrinas como a teologia inclusiva, que nega o significado de sodomita como imoralidade e depravação sexual, dentre outras coisas.

Os nossos dias estão realmente complicados e há muitos estudiosos que estão convencidos de que Deus aceita qualquer comportamento ou hábito simplesmente porque ama a todo ser humano.

O pior de tudo é que há pessoas estudadas que usam a própria Bíblia Sagrada para defender seus argumentos, e assim disfarçam mentiras descaras e práticas pecaminosas em verdades divinas.

Portanto, fiquemos muito atentos e sejamos sóbrios, o próprio Espírito Santo já nos advertiu de tais façanhas em diversas passagens da Bíblia.

Mas o Espírito expressamente diz que, nos últimos tempos, alguns deixarão a fé, dando ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios, (1 Timóteo 4:1 KJF)

É de grande importância que os servos de Deus, que estudam sua genuína Palavra, estejam preparados para combater falsos ensinos

Embora este não seja o intuito principal deste estudo, quero deixar aqui algumas ferramentas de estudo bíblico para você que é obreiro de Deus, aperfeiçoar seu conhecimento na Palavra e não ser enganado por falsos ensinos atuais.

Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, conforme as suas próprias concupiscências, amontoarão para si mestres, tendo comichão nos ouvidos;

e desviarão os seus ouvidos da verdade, voltando às fabulas.

Tu, porém, vigiai em todas as coisas; sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, faz plena demonstração do teu ministério. (2 Timóteo 4:3-5 KJF)

Abaixo você poderá conhecer ferramentas de estudo bíblico que poderão te capacitar melhor para a obra, clique sobre aquela que mais for útil para você e que o Espírito Santo lhe dirija em tudo.

  • Seja Bacharel em Teologia, aprenda a manusear corretamente a Palavra da verdade; Comece aqui.
  • Aprenda como preparar sermões e pregar a Bíblia, use com habilidade a Espada do Espírito, Comece aqui.
  • Manual das questões difíceis e polêmicas da Bíblia. Aprenda através de análise bíblica como resolver questões difíceis de se entender na Bíblia. Saiba mais aqui.
  • Curso de hebraico e grego. Entenda a Bíblia com mais profundidade estudando os idiomas originais que ela foi escrita. Clique aqui e veja o quanto é necessário aos estudiosos da Bíblia conhecerem estes idiomas.
  • Curso avançado do livro de Gênesis. Os mistérios e detalhes por trás do livro de Gênesis são realmente intrigantes, e neste curso você aprenderá a entendê-lo nos minimos detalhes. Comece aqui.
  • Conheça sua Bíblia de capa a capa. Aprenda a entender sua Bíblia de Gênesis a Apocalipse, capítulo por capítulo, através de vídeo aulas semanais. Assista pelo PC, Smartphone ou tablet. Conheça aqui.
  • Curso preparatório para obreiros e diáconos. Obreiros que trabalham com pregação e ensino da Palavra devem estar capacitados ao ensino da mesma, saiba como se preparar para este ministério clicando aqui.
  • Formação de professores para a Escola Bíblica Dominical. Não desvalorize seu chamado de professor da EBD, pois você é um intérprete da Palavra de Deus e um guia em seu conhecimento. Capacite-se melhor aqui.
  • Ou clique aqui para conhecer outros cursos e ferramentas de estudo bíblico.

Para que não sejamos mais crianças, atiradas para lá e para cá, e carregadas por todo vento de doutrina, pela artimanha e astúcia dos homens que ficam à espreita para enganar. (Efésios 4:14 KJF)

 

Aprenda a desenvolver o hábito de estudar a Bíblia. Desfrute de uma verdadeira transformação em sua vida!

Gabriel Filgueiras

Meu objetivo é ajudar novos cristãos a amadurecerem no entendimento da Bíblia Sagrada, e os obreiros de Deus a capacitarem-se melhor para o ministério cristão. Sou casado com a Lidiane Filgueiras e somos membros da 3ª Igreja Batista de Rio das Ostras, RJ, pr. Jorge Cônsoli Lima e Débora. Sirvo ao Reino do Senhor Jesus como professor da Escola Bíblica Dominical desde Julho de 2008 e estou me dedicando a ajudar cristãos comprometidos através deste blog compartilhando estudos bíblicos, materiais e cursos cristãos para capacitação do ministério e edificação do corpo de Cristo.

Website: http://wp.me/P7fxRD-dd

1 Comentário

  1. Pingback: Paulo proibiu o casamento heterossexual na Bíblia em 1 Coríntios 7?

Deixe seu comentário