Batizado com o Espírito Santo e não falar em línguas? Sim, é possível!

Falar em outras línguas é evidência de batismo no Espírito Santo ou não? É possível o crente batizado com o Espírito Santo e não falar em línguas?

Batizado com o Espírito Santo e não falar em línguas

Certamente você já ouviu muitos crentes dizendo que alguém batizado com o Espírito Santo e não falar em línguas não é possível de acontecer, mas a Bíblia explica o contrário.

É triste saber que muitos irmãos são discriminados por outros por causa dessa questão que é mal interpretada, pois a maioria dos crentes não examina o contexto histórico da época dos apóstolos.

Portanto, SIM! Um cristão batizado com o Espírito Santo e não falar em línguas não é algo anormal! Nem todos falam em outras línguas, veja nos versículos abaixo:

Quem fala em língua a si mesmo se edifica, mas quem profetiza edifica a igreja.

Gostaria que todos vocês falassem em línguas, mas prefiro que profetizem.” (1 Co 14:4,5 NVI)

Está claro no texto acima que nem toda pessoa batizada pelo Espírito Santo fala em línguas, pois o apóstolo diz que gostaria que todos falassem, porém não falam.

Mas todos que são batizados trabalham para o Reino de Deus de acordo com a capacidade que receberam do Espírito.

“Por isso, quem fala em uma língua, ore para que a possa interpretar.” (1 Co 14:13 NVI).

Quem fala em línguas ore para que interprete, a fim de edificar a igreja; e quem não fala? Mais uma vez está claro que nem todos os crentes tem este dom.

“Todas essas coisas, porém, são realizadas pelo mesmo e único Espírito, e ele as distribui individualmente, a cada um, como quer.” (1 Co 12:11 NVI)

Como vemos no texto acima o Espírito Santo está em todos os crentes, trabalhando e se manifestando através deles fazendo uso de diferentes dons (batismo no Espírito Santo capacidade para trabalhar no Reino, não é?!).

Mas a cada um Ele dá o dom que quer, nunca foi dito que todos são obrigados a falar em outras línguas.

Falar em outras línguas não pode ser tomado como regra nem doutrina de evidência do batismo com Espírito Santo, isto é relato histórico!

Houve uma manifestação do Espírito Santo em Atos 2 e nas igrejas primitivas para acontecer o que será explicado abaixo, continue lendo.

Falar em outras línguas era evidência de batismo no Espírito Santo para os gentios e samaritanos.

Falar em outras línguas (ou idiomas, como descrito em Atos 2:7-11) era necessário para que os discípulos reconhecessem que os gentios e os samaritanos também estavam recebendo o Espírito Santo.

A aliança de Deus era somente com os judeus até antes de Jesus, e estes desprezavam gentios e eram inimigos dos samaritanos.

“Enquanto Pedro ainda estava falando estas palavras, o Espírito Santo desceu sobre todos os que ouviam a mensagem.

Os judeus convertidos que vieram com Pedro ficaram admirados de que o dom do Espírito Santo fosse derramado até sobre os gentios, pois os ouviam falando em línguas e exaltando a Deus.” (Atos 10:44-46 NVI)

Se essas evidências de batismo no Espírito Santo não acontecessem com eles, como com os discípulos, os não judeus continuariam sendo desprezados do Reino de Deus.

Em Atos 15 alguns homens fariseus tentaram impor aos gentios que estavam se convertendo que estes também se circuncidassem, caso contrário não seriam salvos (Atos 15:1).

Mas como os apóstolos e discípulos da igreja primitiva poderiam provar que estes já haviam sido aceitos por Deus sem a necessidade da circuncisão?

Acontecendo com eles o mesmo que aconteceu com os discípulos em Atos 2 (falar em outros idiomas exaltando a Deus), veja:

“Depois de muita discussão, Pedro levantou-se e dirigiu-se a eles:

“Irmãos, vocês sabem que há muito tempo Deus me escolheu dentre vocês para que os gentios ouvissem de meus lábios a mensagem do evangelho e cressem.

Deus, que conhece os corações, demonstrou que os aceitou, dando-lhes o Espírito Santo, como antes nos tinha concedido [em Atos 2, lembra?].” (Atos 15:7-8 NVI)

Precisamos separar relato histórico de doutrina, e relato histórico não é doutrina!

Mas essa situação sempre será um debate sem fim dentre os cristãos, cada um quer expor seu ponto de vista, e muitos não veem o contexto histórico, mas só fazem uma reflexão a partir de versículos separados.

A minha recomendação é que vigiemos para que não sejamos religiosos e nem crentes denominacionais (“eu sou batista, eu sou assembleiano, eu sou metodista, eu sou pentecostal”, etc.), mas que todos como filhos de Deus trabalhemos juntos para seu Reino sem esta palhaçada que mais afasta os descrentes do que aproxima.

“Assim acontece com vocês.

Visto que estão ansiosos por terem dons espirituais, procurem crescer naqueles que trazem a edificação para a igreja.” (1 Coríntios 14:12 NVI)

Leia também: 5 Evidências de  uma pessoa que tem o Espírito Santo.

Aprenda a desenvolver o hábito de estudar a Bíblia. Desfrute de uma verdadeira transformação em sua vida!

Gabriel Filgueiras

Cristão desde novembro de 2006 e Professor da Escola Bíblia Dominical desde julho de 2008, faço parte da Terceira Igreja Batista de Rio das Ostras, RJ. Minha missão é fazer que as pessoas cresçam passando a elas o que já aprendi e mostrar que todo cristão precisa entender bem a Bíblia Sagrada (2 Timóteo 2: 15).

Website: http://wp.me/P7fxRD-dd

Deixe seu comentário